ACMA | (Re)começo

good-girls-revolt

Decidi começar o ano a participar, pela primeira vez, no ACMA – A Cultura Mora Aqui. Ao longo do mês, vão ser publicadas por essa blogosfera fora artigos relacionados com o tema de janeiro. É hora de um (r)ecomeço e eu tenciono (re)começar 2017 a ver séries. As que já acompanho há algum tempo, as que deixei de acompanhar mas que me fazem falta e as que gostava que começassem a fazer parte do meu quotidiano.


Game of Thrones, The 100 e Black Sails são provavelmente as minhas séries preferidas. Não necessariamente por esta ordem, mas todas recomeçam este ano. Embora ainda não saiba quando vou poder voltar a suspirar pelo Jon Snow e a irritar-me com a Sansa, fevereiro vai ser um mês cheio de descobertas (e, aposto, ainda mais reviravoltas), tanto no mundo pós-apocalíptico do The 100 como na Era Dourada da Pirataria em Black Sails.

The 100

Comecei a ver a aventura dos 100 no primeiro ano de faculdade e foi a única série, no meio de muitas outras tentativas, que me agarrou o suficiente para me fazer aderir ao TVShow TimeOu seja, não volto a perder-me entre episódios.

Confesso que não suporto a so-called protagonista, mas adoro a história. Depois de uma primeira temporada interessante mas fraca a nível performativo, deixei-me conquistar pela evolução não só dos atores como das suas próprias personagens.

Esta série acompanhou-me durante toda a minha licenciatura e ajudou-me a conectar com algumas pessoas muito importantes para mim. Para além de que me deu a Octavia Blake, provavelmente a minha primeira personagem feminina preferida numa série.

Black Sails

Black Sails foi-me apresentada este ano e hei-de ficar agradecida para sempre por me terem convencido a ver uma série com piratas, sobretudo porque é uma prequela do romance A Ilha do Tesouro, de Robert Louis Stevenson.

Depois tenho de admitir que gosto de arregalar os olhos com, pelo menos, quatro jeitosos. O Captain Vane lidera obviamente a corrida para o meu coração (e o ator participa nas últimas temporadas do The 100). Por outro lado, a Anne Bonnie é uma badass. A sério.

Destaco, contudo, o facto da quarta temporada ser a última. Vou ter saudades, mas tem sido tão bom que fico feliz por terem pensado num princípio, meio e fim e estarem a contar uma história absolutamente irrepreensível.

The Walking Dead, Younger e Bates Motel

De resto, quero muito voltar a ver The Walking Dead (e Fear The Walking Dead), talvez mais do que gostava de comprar a banda desenhada, que é a preto e branco. (Confesso que as capas coloridas me aquecem mais o coração).

É uma história que me tem acompanhado mais através dos jogos para computador da Telltale Games do que através da série propriamente dita. Ainda assim não deixa de ser uma das séries de que mais gosto. Talvez por não ser tanto sobre zombies, mas sobre o medo que temos de ficar sozinhos (e, paradoxalmente, dos outros), do desconhecido e da morte.

Depois vem Younger, sobre uma quarentona que se decide fazer passar por uma recém-licenciada. É uma série muito divertida. Mas com tanto para ver e tão pouco tempo, abandonei um bocado o barco. De qualquer forma, é algo que tenho de retomar, porque preciso de uma pitada de meninice na minha vida.

Bates Motel não só porque adoro o ator que faz de protagonista mas sobretudo porque a história é nada mais nada menos do que imperdível. Não sei se sabem quem é o Bates, mas basta relembrarem-se da cena no chuveiro em Psycho, de Hitchcock. Já disse o suficiente, certo?

Good Girls Revol, The Crown e Marvel’s Jessica Jones

Para terminar, comecei a ver Good Girls Revolt este ano, para aí há dois dias, e estou absolutamente fascinada. Em primeiro lugar porque acontece numa redação e as protagonistas são mulheres, aspirantes a jornalistas. Em segundo, porque é uma série muito humana, que aborda não só a igualdade de género como luta contra a discriminação racial.

Depois gostava de começar a ver duas séries em particular. The Crown porque é histórica e sobre uma rainha que ainda está viva e Marvel’s Jessica Jones, porque a G. Floy Studios lançou há relativamente pouco tempo a banda-desenhada sobre a heroína que, para além de ter problemas com álcool, não tem poderes especiais e, portanto, fiquei ainda mais curiosa.

Estas são as minhas séries de 2017 e já são bastantes. Adorava saber quais são as vossas e se alguma delas está aqui na lista. Fiquem à vontade para conversar comigo nos comentários.

Aproveitem para seguir as mentes criativas deste projeto: Oh, Pêssegos!Cor Sem FimMiss MelfeThe eyes of a Mermaid e #Comic Life – Geek & Crafts Blog.

Podem seguir a página d’A Cultura Mora Aqui e, caso queiram participar no projeto, basta enviarem um email. Este mês, os blogues convidados são: BookaholicEléctrico 28Let’s Do Nothing TodayGaming GearPassion GirlPrimavera EstacionalNerdy Chill OutDreamcatcherOlhares Indiscretos, My Curly CrazinessCinderela AventureiraGláuciaTripinThat GirlInspiringThey Call Me RitaCidade do PecadoDiário de uma AfricanaGirly Girls Think PinkMy Own AnatomyJijiChique e Geek e Where I Belong.

  • Pingback: ACMA | 4 Templates Gratuitos Para Começar 2017 - The Love Avenue()

  • Pingback: ACMA | Passatempos: atividades ao ar livre, em comunhão com a natureza()

  • Pingback: Sentimentos no ACMA. 3 filmes que me deixam com as emoções à flor da pele()

  • Boas sugestões e ainda acrescentaria a série “Vikings”…vale a pena!
    Beijinhos

    • Raquel Dias da Silva

      Já ouvi falar muito bem e tenho de começar a ver! Obrigada pela sugestão 🙂 Beijinhos

  • Joana Sousa

    Hejo li qualquer coisa que dizia que GOT provavelmente só lá para o Verão. Meu coração quebrou! :p mas bom, a malta aguenta! Para mim, o início do ano foi o recomeço – e fim, buah! – de Sherlock, que nem consigo contar como série, de tão pequena que é. Mas bom, é intensa!

    Jiji

    • Raquel Dias da Silva

      Vou morrer de tanta espera! A minha sorte é que estou mesmo viciada em Black Sails. Ontem vi o primeiro episódio da quarta (e última temporada) e continuo a achar que é das melhores séries dos últimos tempos. Amanhã sai o primeiro episódio da quarta temporada do The 100, por isso mais um motivo para ficar feliz 🙂 Sobre o Sherlock já ouvi falar muito bem. Os meus primos mais novos são vidrados! Tenho que experimentar.

      Beijinhos 🙂

  • Cheguei a ver The 100 quando saiu, até andei entusiasmada com aquilo durante uns tempos, mas depois… não sei, aquilo ou morreu ou fui eu que perdi mesmo o interesse. Deixei de ver e nunca mais quis ouvir falar. Acho que cheguei ao episódio em que eles foram apanhados e levados para o “abrigo”, onde ficou cada um na sua sala.

    • Raquel Dias da Silva

      Vanessa, a história ainda dá tantas voltas depois disso! Recomendo-te mesmo a retomares a série, pelo menos para mim está a valer totalmente a pena 🙂

  • Querida Raquel, podia ficar a noite inteira a escrever um comentário neste post. Sou fanática por cinema, e séries em geral! Ultimamente estou (de novo) enamorada com Sherlock, cujo regresso tardou, mas chegou. Recomendo vivamente! Também recomendo BlackBox, que apesar de cancelada é muito boa – embora eu seja suspeita pois retrata um tema que me é muito intimo. E como sei que gostas de fotografia, a série Genious o Photography da BBC, assim como os episódios/vídeos pelo George Eastman Museum – excelentes!

    Um abracinho do norte 🙂

    • Raquel Dias da Silva

      Há uns dias jantei em casa de uma tia e os meus primos mais novos não paravam de falar sobre Sherlock. Suponho que tenho de ir ver! BlackBox conheço e tenho imensa pena que tenha sido cancelada. Obrigada pelas sugestões de fotografia 🙂
      Um abracinho do sul (estou no algarve de momento) e beijinhos

  • Tanta série para juntar à minha lista! Já conhecia The Walking Dead, The 100 e Games of Thrones, mas a Bates Motel, Black Sails e The Crown foram as que mais me chamaram à atenção! Nunca tinha ouvido falar em nenhuma mas a ver se tenho tempo para as começar e saber o que acho delas, especialmente a Banes Motel, que me pareceu bastante interessante!

    Beijinho, Patrícia
    http://primavera-estacional.blogspot.pt

    • Raquel Dias da Silva

      Patrícia, por favor vê Black Sails, a quarta temporada que aí vem é a última! É mesmo uma série muito boa! Depois diz-me o que achas 🙂
      Beijinhos

  • Aconselho-te a veres Westworld! É simplesmente fantástica!!
    Beijinhos *

    http://chique-e-geek.blogs.sapo.pt/

    • Raquel Dias da Silva

      Já ouvi falar muito bem! Acho que tenho mesmo que ir ver 🙂

  • Laura Rodrigues

    Adoro o The 100!! Estou mesmo ansiosa pela 4ªtemporada.
    beijinho <3

    Inspiring

    • Raquel Dias da Silva

      Também eu! Qual é a tua personagem preferida?
      Obrigada pelo feedback. Beijinho 🙂

      • Laura Rodrigues

        A Octavia sem dúvida!! Adoro-a <3
        beijinho

        Inspiring

        • Raquel Dias da Silva

          Laura, a O. também é a minha preferida! 😀 Beijinhos

  • Confesso que não conhecia a maior parte das séries que apresentaste. Vejo Game Of Thrones – que é mais ou menos o mesmo que dizer que devorei as seis temporadas em menos de um mês – e já vi The Walking Dead, mas perdi o interesse quando se tornou repetitivo; ainda assim, estou tentada a voltar a ver porque esta sétima temporada parece estar muito boa! De resto, acompanho Orange Is The New Black, Pretty Little Liars e sugeriram-me Narcos e Vikings, que talvez comece a ver quando arranjar um tempinho. Gostei muito do post, achei super completo e interessante!

    Um beijinho,
    Bia do Bookaholic.

    • Raquel Dias da Silva

      Já ouvi falar muito bem de Orange Is The New Black mas ainda não tive tempo. O meu namorado vê Narcos, mas não sei se é a minha onda. Vikings é algo que quero muito ver! Já vi PLL mas depois ficou demasiado confuso.
      Obrigada pelo feedback 🙂
      Beijinhos

  • Em primeiro lugar, gostei do projecto e concordo plenamente com os seus princípios, um bem haja ao blog Cor Sem Fim.

    Comecei a ver The 100 na Netflix, um pouco a medo, por duas razões, é uma série teen e com temática de ficção científica (não sou fã), mas adorei e devorei 2 temporadas em 15 dias. Game of Thrones, não há palavras para descrever o quanto boa é. Bates Motel, bastou-me saber que era inspirada na maior obra de Hitchcock, Psyco. Pena que esta série magnífica, é esquecida nas premiações. The Crown é a melhor série de 2016, como referi na review no meu blog. E Jessica Jones é uma das melhores séries Marvel/Netflix, o vilão Kill Grave é melhor de sempre em séries baseadas em BD.

    http://bitaitesdeummadeirense.blogspot.pt/

    • Raquel Dias da Silva

      Eu confesso que não tinha preconceitos por ser teen, porque gosto de ficção científica e uma amiga já me tinha falado bem. Acho que a série tem personagens fantásticas e gostei imenso da evolução de algumas (John Murphy, por exemplo). Vou ler a review que fizeste! Também gostas de ler BD?

  • Apesar de não ver nenhuma das séries que mencionaste, fiquei bastante curiosa acerca da Good Girls Revolt porque parece mesmo o tipo de série que eu vou gostar de ver, ahah! Para já, estou à espera que o próximo episódio de Anatomia de Grey saia e estou à espera de ter tempo para ver os episódios que me faltam de Empire. 🙂

    Gostei muito do post,
    Beijinhos

    • Raquel Dias da Silva

      Inês, se ficaste interessada, tens mesmo de ver, é fantástica! Eu via Anatomia de Grey nas primeiras temporadas, mas essa série dava na televisão e eu acabava por apanhar tantos eps repetidos que quando quis tentar vê-la do início já não consegui. Mas um dia hei-de voltar a tentar! Empire também conheço e é uma série que adoro 🙂
      Obrigada por teres deixado feedback, é muito importante para mim!
      Beijinhos