Off Sight | Sorrisos na Quinta das Conchas

Raquel e o bolo de aniversário

O último dia do mês é dia de Off Sight. Mais uma vez partilho sorrisos. Faço um pouco de batota e escolho partilhar uns retratos que fiz em junho na Quinta das Conchas, no aniversário da Raquel.

Prometo que, para agosto, os retratos não vão ser resultado de nenhuma festa de aniversário. Mas hoje quero mesmo partilhar os sorrisos genuínos e as cores do verão. A começar pela Raquel de olhos cor de tempestade e coração de lareira.

Completou 28 primaveras em junho e foi na Quinta das Conchas que os festejou com este sorriso aberto. Partilhou a sua felicidade contagiante e o gosto pelo açúcar da vida. Os doces com que gostamos de aconchegar as borboletas da barriga naqueles dias especiais.

Festejar na Quinta das Conchas - Raquel a sorrir

Acho que começo a gostar de fotografar piqueniques. Sobretudo pelos sorrisos. Dos que me olham e dos que apanho distraídos. Dos gigantes aos envergonhados. Dos sorrisos que se estendem até aos olhos, como o da Margarida e o da Milene.

Festejar na Quinta das Conchas Margarida a comer

Milene a sorrir

Poder captar pessoas tão genuínas é um privilégio. A Margarida a devorar os cupcakes que criou de propósito para este piquenique num dos parques mais bonitos de Lisboa. A Milene a sorrir por sabe-se lá o quê. Não sabe tão bem esticar os cantos da boca até ao infinito e deixar escapar uma gargalhada profunda?

Às vezes, quando estou rodeada por desconhecidos procuro-lhes a verdade no rosto. Quem são, para onde vão. Começo a reparar um padrão sisudo nos transportes públicos. Por que é que não sorrimos quando estamos sozinhos? É impressão minha ou tentamos manter uma expressão neutra, como se fosse crime partilhar o nosso sorriso com um estranho?

Raquel sorrisos

Maggie

Vamos sorrir mais. Deixar que a nossa energia positiva contagie o ambiente. Eternizar rostos que contam histórias com finais felizes em vez de registar as nossas preocupações em linhas direitas e olhos distantes. Pode ser?

Podem ver mais retratos em

  • Catarina Coelho

    Que retratos tão lindos, Raquel! Transmitem tanta alegria 🙂 E tens toda a razão: vamos sorrir mais. Não há tempo nesta vida para tristezas e rancores. E que estejamos cá para fotografar todos os momentos felizes!

  • Raquel Comprido

    Adoro as fotos, meu amor, não me canso de as ver e rever. E estou a adorar os nossos piqueniques! Beijinho gigante <3 Estamos quase quase na segunda fase :p

  • Aww Raquel, acho fantástico como tu consegues captar sorrisos genuínos – aquela primeira foto da Margarida está tão doce, em todos os sentidos! Tens jeito para isto dos retratos!

    Jiji

  • Vânia

    Andámos as duas em festas e atrás de sorrisos. 🙂 O teu texto está tão entusiasmante (e entusiasmado) quanto as tuas fotos. E o blogue está muito giro. 🙂

    • Raquel Dias da Silva

      É verdade 🙂 E não fomos as únicas! Obrigada pelos elogios! O blogue já precisava de se renovado, fico feliz por gostares!